29 de out de 2008

A arte da escova!!!!

Tem gente que acha que meu cabelo é liso. Acho ótimo! Sinal de que o tempo que eu passo fazendo escova não é em vão. Na verdade me cabelo é do tipo indefinido. Ele não faz cachos, como a da minha mãe, ele fica uma coisa entre Gal Costa e Maria Betânia, arma e fica esquisito. Como a escova fazer escova tornou-se indispensável na minha vida, fui aprendendo manhas e acessórios pra me ajudarem na árdua tarefa da esticação.
Para você que quer iniciar nessa arte uma coisa já adianto: tenha paciência (pra separar o cabelo) e perseverança (pra esticar cada mecham mais de uma vez). Fazer uma boa escova no começo não é fácil. Mas com o tempo a gente vai aprendendo exatamente como melhorar. Hoje minha escova é tão boa quanto a de muitas mocinhas de salão.
Um coisa que não pode faltar é uma escova que preste. Eu indico essas Marco Boni de metal.

O bom dessas escovas de metal é que elas trabalham mais rápido na hora de esticar, pois esquentam (já queimei a mão). Eu não uso anti defrizzante, pois acho que essas coisas deixam meu cabelo pesado. Mas o cabelereiro falou que eu tenho que começar a passar alguma coisa nas pontas, senão daqui a pouco terei que cortar o juba. Eu passo sempre um finalizador com silicone depois da escova. Tem um do avon que é bem legal, mas agora não lembro o nome, vou procurar e depois coloco aqui. Vou comprar esses novos da Seda pra fazer o teste, depois também conto aqui.

Boa sorte!!

Aninha

Um comentário:

Simo disse...

Quem te viu e quem te vê!!! Escova!!


É, a idade trás bastante sabedoria pra gente! Antes nem me ligava nessas coisas, hj me cuido bastante!